Newsletter
Mensagem
Ao serviço dos Empresários da Região
Ao serviço dos Empresários da Região

TERRAS ALTAS DE PORTUGAL - Novos Horizontes

compete2020_portugal2020_FEDR

Identificação e Enquadramento do Projeto:
Aviso: POCI-52-2015-02
Projeto nº: POCI-02-0752-FEDER-014935
Programa Operacional: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização
Fundo: FEDER - Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional
Eixo Prioritário: Sistema de apoio a ações coletivas - Internacionalização
Objetivo temático: Reforçar a competitividade das PME
Prioridade de Investimento: O desenvolvimento e aplicação de novos modelos empresariais para as PME, especialmente no que respeita à internacionalização
Tipologia da Operação: Internacionalização das PME

terras_altas

 

 

Região de Intervenção:
Distrito de Castelo Branco, Guarda, Viseu, Vila Real e Bragança
Entidade Beneficiária:
AEBB - Associação Empresarial da Beira Baixa
NERGA - Associação Empresarial da Região da Guarda
AIRV - Associação Empresarial da Região de Viseu
NERBA - Associação Empresarial do Distrito de Bragança
NERVIR - Associação Empresarial de Vila Real
Montantes Envolvidos:
Custo Total elegível: 573 822,01€
Comparticipação FEDER: 487 478,70€

Data de Início: 2015-09-30
Data de Fim: 2017-09-29

Taxa de execução:

grafico_execucao

Síntese do Projeto:

O projeto 'Terras Altas de Portugal - Novos Horizontes', tem como objetivo contribuir para a sustentabilidade e crescimento do território 'Terras Altas de Portugal' (TAP), numa perspetiva de promoção internacional das suas empresas, produtos/serviços, contribuindo para melhorar a competitividade, através da disponibilização de bens e serviços coletivos que potenciem a jusante o aumento das exportações, o volume de negócio e a visibilidade internacional da região e do país.

Descrição e Objetivos do Projeto:

Toda a intervenção está estruturada para promover e posicionar internacionalmente as pequenas produções tradicionais de excelência territorial, de micro e pequenas empresas, através de uma oferta agregada e devidamente segmentada, proveniente de pequenos produtores de alguns produtos de qualidade reconhecida, como as carnes e fumeiro, doces, compotas e mel, azeite, frutas e legumes, vinho, queijos, entre tantos outros, aliados à promoção turística, e potenciá-los internacionalmente, através de estratégias que permitam superar as dificuldades da comercialização de uma forma original e inovadora, sugerindo novas formas de organização da oferta e incorporação de fatores competitivos e dinâmicos: da proposta de valor à apresentação diferenciada, do conceito à incorporação de inovação, da marca à rede de contactos e prescritores.
O projeto TAP está estruturado em 4 eixos estratégicos principais:
-    O fortalecimento da oferta procedente da região TAP: eixo dedicado à organização da oferta, com seleção das fileiras/segmentos com maior potencial de internacionalização, a criação de uma carta de qualidade que permita atribuir aos produtos de excelência o selo TAP;
-    A promoção da oferta em mercados externos através da realização de missões inversas ao território numa perspetiva de reforço dos contatos a mercados já visitados em anteriores projetos (Canadá, Moçambique e Luxemburgo) e a novos mercados;
-    Prospeção e Penetração de novos mercados - EUA, México, Inglaterra e França: prospeção com o intuito de melhor avaliar o contexto, qualificar as oportunidades e os riscos, estudar formas de entrada e de exploração; realização de ações de prospeção a dois mercados selecionados e estabelecer uma rede de contactos;
-    Disseminação dos resultados do Projeto: concentra as ações de avaliação e de disseminação de resultados do Projeto.

Atividades do Projeto segundo os eixos de intervenção:

Eixo Estratégico 1 - FORTALECIMENTO DA OFERTA
1.1    Seleção da oferta por categorias/segmentos
1.2    Criação do selo e carta de qualidade
1.3    Ações de sensibilização e divulgação junto das empresas
1.4    Conceção e gestão do portfólio de produtos e/ou serviços
2    Upgrade do portal de partilha e Negócios
2.1    Benchmarking internacional sobre redes, consórcios, plataformas e centros para a internacionalização
2.2    Criação de menu de partilha de conhecimentos baseado no conceito de Business Intelligence
2.3    Divulgação da oferta - workshops descentralizados de apresentação e adesão de empresas
2.1    Dinamização da rede Terras Altas

Eixo Estratégico 2 - PROMOÇÃO DA OFERTA NOS MERCADOS EXTERNOS (já consolidados)
3    Ativação da Marca
3.1    Plano estratégico de comunicação internacional 'Terras Altas de Portugal'
3.2    Produção de meios promocionais
4    Promoção Internacional Integrada
4.1    Plano de Marketing por mercado
4.3    Missões Inversas
4.4    Terras Altas Business

Eixo Estratégico 3 - PROSPEÇÃO E PENETRAÇÃO EM NOVOS MERCADOS
5.1    Análise prévia de novos mercados internacionais: oportunidades e constrangimentos
5.2    Plano estratégico de abordagem aos novos mercados
5.3    Ações de prospeção em novos mercados
5.4    Promover a integração da Região TAP em redes de negócios internacionais relevantes para acesso aos mercados alvo

Eixo Estratégico 4 - DISSEMINAÇÃO DE RESULTADOS
6.1    Seminário inicial de apresentação do Projeto
6.2    Publicação de artigo de opinião
6.3    Suplemento informativo em jornais locais e nacional
6.4    Roadshow de capacitação para o mercado internacional
6.5    Avaliação dos resultados da estratégia coletiva